O moínho

 

O Moinho  “Mó da Praia”

Os moinhos de vento são um cartão-de-visita da ilha, resultantes de tempos idos em que a Ilha Graciosa foi considerada o “Celeiro dos Açores”, pela sua vasta produção de cereais.

site_moinho1

Atualmente os moinhos deixaram de ter a sua utilização original e diversos foram sendo adaptados como habitação.

O “Mó da Praia” foi um dos últimos moinhos a moer cereais na Ilha, até à data do falecimento do senhor Manuel Frutuoso Vasconcelos Moniz (seu antigo proprietário), em 18 de Fevereiro de 2002.

moinho1                                        manuel1

O nome dado ao moinho (“Mó da Praia”) faz referência a um artefacto indispensável à atividade do moleiro e também à sua localização privilegiada, junto à única praia de areia fina da Ilha Graciosa, na povoação de “São Mateus (Praia)”, situada no sopé da Caldeira da Graciosa.

mo da praia

Praia de Areia - Graciosa.               GRA praia sao mateus2

 

O projeto de recuperação do moinho teve início em 2009 com o propósito de preservar ao máximo as suas características.  Foram também recuperadas algumas peças e utensílios usados na atividade da moagem, para memória futura.

IMGP3046a

IMGP2889         IMGP2894         IMGP2913

O processo de recuperação começou pela cúpula (ou copa), que foi construída por processos tradicionais pelo último mestre da Ilha com os conhecimentos específicos necessários, o senhor Agostinho Borges Silva (cuja profícua idade já ultrapassa os 80 anos).

moinho recup cupula

O antigo anexo onde estava instalado o motor (movido a gasóleo) que possibilitava a alternativa da moagem sem recorrer à utilização do vento, permitiu construir o acesso por escadas interiores ao corpo do moinho e foi ampliado para conter toda a zona social com características modernas, composta pela sala comum, kitchenette, instalações sanitárias e um terraço exterior abrigado do vento por um longo muro.  Junto às escadas ainda se consegue ver uma secção do túnel por onde passavam as correias que ligavam a roda do motor à peça de moagem, a qual foi recuperada e se encontra no piso térreo do moinho em exposição.

Moinho Rochela0001 - 2008-03-06               moinho obra6               Mo15

 

O “Moinho Mó da Praia” encontra-se classificado pela Direção Regional do Turismo dos Açores como alojamento de Turismo no Espaço Rural, na modalidade de “Casas de Campo”.  TER2

 

Evolução da recuperação do moinho:

 

obras evol1

 

obras evol2

 

obras evol3

 

 

 

obras evol6

 

IMGP3046a       Mo-da-praia2

 

Aspetos do Projeto de Arquitetura:

arquitectura1

arquitectura2

arquitectura3

 

 

logo construçoes cunha1

Agradecimentos:

Contribuíram decisivamente para o projeto chegar a “bom porto”:

– Arq. Luís Simão Leandro
– Duarte Nogueira
– Mestre Agostinho Borges Silva
– Rui Mendonça da Cunha
– Francisco Bettencourt Silva (Canta-Galo)
– Luís Madeira e restantes colaboradores de Construções Cunha
– Manuel Rita
– Isabel Leandro
– Leonor e Carlos Alberto Ferreira
– Sandra Leandro
– António Ribeiro
– José Valadas
– Carlos Lages
– Zé e Jorge
– José Luis Viegas e Mena
– mais a “cambada” lá de casa…  😉

Comments are closed